Virtual Boy: Emoção na Cara

By BLA...Bla...Games

Quando todo mundo reclamava da “demora” da Nintendo em lançar seu console de 64 bits, o Ultra 64, chegou a surpresa: a empresa apresentou, durante a Shoshinkkai Software Exhibition, no Japão, o Virtual Boy, um sistema de realidade virtual caseiro. Não deu outra, os japoneses ficaram com os olhos bem abertos com a sensação de jogar “participando” do cenário. Depois dessa apresentação no Japão, o novo console da Nintendo, mais esperado do ano, chegará ao Brasil e outros países em abril.

O protótipo do Virtual Boy apresentado é composto por um Head Set – que não é propriamente um capacete, e sim um misto de conjunto óptico com CPU e um controle desenhado para ser utilizado com as duas mãos. O conjunto fica apoiado num suporte. O jogador, sentado, aproxima os olhos da tela do Heat Set para acompanhar as imagens geradas em três dimensões.

O Virtual Boy tem processador de 32 bits, tecnologia RISC e , segundo a Nintendo, é bastante rápido na manipulação de imagens. O conjunto óptico foi desenvolvido pela empresa norte-americana Reflection Technology, e possui dois displays de alta resolução, que geram imagens em preto e vermelho. O conjunto funciona com pilhas ou baterias recarregáveis, e ficou por mais de um ano sob testes de institutos de saúde antes de ser apresentado ao público. O conjunto é portátil e mede 21,5 cm de comprimento por 25,4 cm de largura e tem 4,5cm de altura.

De cara, chegarão junto com o Virtual Boy três novos cartuchos, entre eles Mario Bros e Space Pinball. A cada mês a Nintendo promete ao menos um lançamento. Com estimativa de venda de 14 milhões de cartuchos e 3 milhões de unidades do console em 1995, a Big N pretende abalar o mercado de games com este inovador portátil. O preço estimado é de US$ 200.

Tags: , , , , , ,

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.