Sega + Microsoft (FATOS)

By BLA...Bla...Games

O Dreamcast (em japonês: ドリームキャスト; os codinomes foram “Blackbelt”, “Dural” e “Katana” durante o seu desenvolvimento), foi lançado em 27 de novembro de 1998 no Japão. O console da Sega teve o sistema operacional desenvolvido pela Microsoft, baseado no Windows CE.

A Sega , enfrentou problemas com a equipe que trabalhava na sede Americana da empresa, que não satisfeita em ter o console produzido no Jãpão (ao invés dos Estados Unidos) pediu demissão como forma de retalhação. O Dreamcast foi um sucesso de público e crítica, tendo como destaque as funcionalidades online do videogame, o primeiro console a permitir uma interação em rede com experiência extremamente satisfatória aos usuários.

Mas, curiosamente em 1999 Bill Gates, anuncia a entrada da Microsoft no mundo dos games. O projeto do console da Microsoft iniciou-se em 1999, sendo anunciado por Bill Gates na Game Developers Conference em 2000. O nome inicialmente era DirectXbox, para destacar o extensivo uso do DirectX (algumas pistas se mantiveram após a redução do nome, como o logo do Xbox e o “X” no topo do console). No dia 15 de Novembro de 2001 o console foi oficialmente lançado no mercado norte-americano. Em 2002, foi lançado na Europa e no Japão, onde a Microsoft conseguiu finalmente promover um boa imagem em território nipônico, unindo-se a Sega e lançando diversos títulos de sucesso clássicos como Jet Set Radio, Sega Gt, Panzer Dragon, entre outros.

As ligações entre Sega e Microsoft são evidentes e documentadas, a Sega chegou a planejar a compatibilidade dos games de DC com o XBOX. Antes do presidente da Sega Isao Okawa falecer, foram constantes as visitas a Bill Gates, para ver se seria possível uma compatibilidade do Dreamcast para o Xbox. De acordo com Sam Furukawa, Okawa estava oferecendo os ativos da Sega para a Xbox, o que criaria um caminho para os clientes de Dreamcast migrarem para o Xbox. Okawa insistiu que a internet era indispensável para os jogos do Dreamcast, mas a Microsoft não queria uma conexão de internet para os títulos de Dreamcast e as negociações se desfizeram.

Okawa faleceu em Tóquio, em 16 de março de 2001, devido à insuficiência cardíaca. Ele tinha 74 anos. O Dreamcast saiu de produção no final daquele ano. O presidente que seguiu Okawa decidiu que a SEGA devia centrar-se na produção de software.

Peter Moore , executivo da SEGA of America, o homem que admitiu ter tomado a decisão de parar de produzir o Dreamcast, ingressou na Microsoft em 2003, e hoje presta serviços a E.A Games.

Sam Furukawa é ex-executivo da Microsoft e atualmente é professor na Universidade de Keio, Japão.

Fontes: Revista GamePower nº 43, Revista Game Force nº05, Revista Gamers nº30
e site http://kotaku.com/ matéria de Brian Ashcraft.

Tags: , ,

4 Responses to “Sega + Microsoft (FATOS)”

  1. … [Trackback]…

    [...] Informations on that Topic: blablagames.net/?p=588 [...]…

    #139
  2. … [Trackback]…

    [...] There you will find 34767 more Infos: blablagames.net/?p=588 [...]…

    #192
  3. … [Trackback]…

    [...] Informations on that Topic: blablagames.net/?p=588 [...]…

    #359

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.